foto user
Paulo S.
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/TEMPO
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/TEMPO
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
Encontras-te
Onde a terra acaba e o vazio começa
Ainda que a terra seja também vazio
Destaca-se o limite
Observas o oceano vibrante
Água agitada por processos invisíveis
Descobres outra vertente do que és
Nenhum espelho a consegue refletir
Sobes ao último andar do edifício sem nome
Percorres corredores imensos
Mais abaixo ainda existe agitação
Elementos em fila ao que parece necessário
Vozes timbradas sem gravidade
Deslocam-se serpenteando na horizontal
Paredes de vidro fosco
Delineando o espaço
Parece que a terra não acaba aqui
Não é o vazio suficientemente percetível
Registas movimentos lineares
Outros nem tanto
Nada é apenas uma coisa só
Talvez te debruces sobre variáveis
Sobre probabilidades infinitas
Manta de retalhos que te compõe
Tempo
Salto alto próximo do asfalto
Avanço veloz na linha parda
Enquanto chove
Chuva serena que não se ouve
Se algo houver para aparecer que se mostre
Presente de diversas formas em simultâneo
A luz não se molda
Adapta-se
Outra partícula transportada pelo vento
Amanhã as dunas serão maiores
Ausência de mensagem na garrafa flutuante
Mais adiante curvam-se caminhos
Sugerem-se alternativas
Nada que o amanhecer não traga

PSY
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX540 HS
Exposição: 1/500
Abertura: f/4.0
ISO: 160
Distância Focal: 7104/1000
Software: PhotoScape
favorita de 13
galardões
Esta foto não tem galardões
TEMPO
Encontras-te
Onde a terra acaba e o vazio começa
Ainda que a terra seja também vazio
Destaca-se o limite
Observas o oceano vibrante
Água agitada por processos invisíveis
Descobres outra vertente do que és
Nenhum espelho a consegue refletir
Sobes ao último andar do edifício sem nome
Percorres corredores imensos
Mais abaixo ainda existe agitação
Elementos em fila ao que parece necessário
Vozes timbradas sem gravidade
Deslocam-se serpenteando na horizontal
Paredes de vidro fosco
Delineando o espaço
Parece que a terra não acaba aqui
Não é o vazio suficientemente percetível
Registas movimentos lineares
Outros nem tanto
Nada é apenas uma coisa só
Talvez te debruces sobre variáveis
Sobre probabilidades infinitas
Manta de retalhos que te compõe
Tempo
Salto alto próximo do asfalto
Avanço veloz na linha parda
Enquanto chove
Chuva serena que não se ouve
Se algo houver para aparecer que se mostre
Presente de diversas formas em simultâneo
A luz não se molda
Adapta-se
Outra partícula transportada pelo vento
Amanhã as dunas serão maiores
Ausência de mensagem na garrafa flutuante
Mais adiante curvam-se caminhos
Sugerem-se alternativas
Nada que o amanhecer não traga

PSY
Tag’s: VIDA
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX540 HS
Exposição: 1/500
Abertura: f/4.0
ISO: 160
Distância Focal: 7104/1000
Software: PhotoScape

favorita de (13)