foto user
Lina Marano
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Macro/TEMPO DE ACORDAR
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Macro/TEMPO DE ACORDAR
voltar lista nav-leftnav-right

TEMPO DE ACORDAR

fotografias > 

Macro

2010-03-31 02:11:39
comentários (40) galardões descrição exif favorita de (11)
descrição
(A ÚLTIMA DA SÉRIE - PROMETO)

Não sei se sabem, mas leio todos, absolutamente todos os comentários que me enviam tin-tin por tin-tin. Me deliciam, me fazem rir e muitas vezes até chorar. Hoje particularmente me chamou a atenção o comentário do amigo CORREIADAN. Ele escreveu “...magnifica a forma que nos surpreende fazendo de cada foto uma aventura com seus magnificos relatos....:) onde nos levara esta estrada amanha!!?? ...” Parei para pensar e percebi que eu também não sabia. Respondi que vou indo para onde os comentários e trabalhos dos olheiros me levam.

Pois é amigo, o seu comentário me trouxe aqui a esta encruzilhada. Fiquei pensando qual caminho seguiria hoje, mas daí me peguei a questionar se eu sabia qual foi o caminho que me trouxe aqui, aqui a este belo sítio.

E neste pensamento, nasceu a idéia de falar com todos aqueles que estão vivendo um relacionamento sério. Já chegaram no ponto em que os beijos trocados se resumem a selinhos a cada um ou dois dias? As conversas predominantes se resumem aos problemas diários? Então, estou falando com você.Você mesmo! Quando foi que seus olhos deixarem de sorrir para o seu amor? Lembra-se da última vez que caminharam de mãos dadas, que trocaram um beijo mais apaixonado? Há quanto tempo não se dizem “eu te amo”. Qual a música de vocês? Ei, você anda ouvindo música? Olha, deixa eu lhe dizer, nenhum relacionamento resiste a fúria implacável da rotina. São os filhos, as contas, a preocupação com os bichinhos de estimação, as obrigações com o trabalho, o celular que não pára de tocar e você simplesmente protela a devida atenção ao companheiro. E quando percebe já se instalou um profundo abismo entre os dois. Um grande e implacável silêncio que o distancia daquela pessoa que há um tempo foi seu TUDO. Ainda se recorda dos tempos de namoro? Lembra-se de como seu coração disparava quando seus olhares se encontravam? E quando você se percebe nesta terrível solidão, alguém sorri para o seu lado. Seu coração, adormecido para sentimentos outros que não contas, trabalho, problemas, ousa disparar. E é ai que você percebe que está vivo, vivinho da silva e não há idade, não há dor de cabeça nem cansaço. E nesta hora que o seu relacionamento, com aquela pessoa que foi a mais especial de sua vida, fica por um triz. Agora eu pergunto... é esse o fim? Começar um novo amor até que, daqui uns dois anos, quem sabe três, você esteja novamente dentro de um relacionamento “velho”? Escuta, mas e se você tentasse mudar? Essa música romântica que está ouvindo... não dá para chamar o seu companheiro para ouvir junto? Sabe aquele beijo caliente que viu num dos links que te enviaram? E se você chamasse a sua velha companheira para assistir com você e quem sabe até praticar um pouquinho? Porque não tentar? Eu tenho certeza que vale a pena tentar e quando você menos esperar, terá reavivado a chama. Não é o amor que acabou, foi a preguiça que deixou a paixão ficar adormecida. Está na hora de acordá-la. O título foi influência do novo trabalho do amigo JET.

PS: Se não tem a menor idéia de como começar, tente chamar a atenção assim como fez a personagem de Shirley MacLaine num antigo filme de Jerry Lewis.

http://youtu.be/rQfVT9LzE4U
exif / informação técnica
Máquina: SONY
Modelo: DSC-S930
Exposição: 1/50
Abertura: f/3.4
ISO: 640
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 8.3 mm

favorita de 11
galardões
Esta foto não tem galardões
TEMPO DE ACORDAR
(A ÚLTIMA DA SÉRIE - PROMETO)

Não sei se sabem, mas leio todos, absolutamente todos os comentários que me enviam tin-tin por tin-tin. Me deliciam, me fazem rir e muitas vezes até chorar. Hoje particularmente me chamou a atenção o comentário do amigo CORREIADAN. Ele escreveu “...magnifica a forma que nos surpreende fazendo de cada foto uma aventura com seus magnificos relatos....:) onde nos levara esta estrada amanha!!?? ...” Parei para pensar e percebi que eu também não sabia. Respondi que vou indo para onde os comentários e trabalhos dos olheiros me levam.

Pois é amigo, o seu comentário me trouxe aqui a esta encruzilhada. Fiquei pensando qual caminho seguiria hoje, mas daí me peguei a questionar se eu sabia qual foi o caminho que me trouxe aqui, aqui a este belo sítio.

E neste pensamento, nasceu a idéia de falar com todos aqueles que estão vivendo um relacionamento sério. Já chegaram no ponto em que os beijos trocados se resumem a selinhos a cada um ou dois dias? As conversas predominantes se resumem aos problemas diários? Então, estou falando com você.Você mesmo! Quando foi que seus olhos deixarem de sorrir para o seu amor? Lembra-se da última vez que caminharam de mãos dadas, que trocaram um beijo mais apaixonado? Há quanto tempo não se dizem “eu te amo”. Qual a música de vocês? Ei, você anda ouvindo música? Olha, deixa eu lhe dizer, nenhum relacionamento resiste a fúria implacável da rotina. São os filhos, as contas, a preocupação com os bichinhos de estimação, as obrigações com o trabalho, o celular que não pára de tocar e você simplesmente protela a devida atenção ao companheiro. E quando percebe já se instalou um profundo abismo entre os dois. Um grande e implacável silêncio que o distancia daquela pessoa que há um tempo foi seu TUDO. Ainda se recorda dos tempos de namoro? Lembra-se de como seu coração disparava quando seus olhares se encontravam? E quando você se percebe nesta terrível solidão, alguém sorri para o seu lado. Seu coração, adormecido para sentimentos outros que não contas, trabalho, problemas, ousa disparar. E é ai que você percebe que está vivo, vivinho da silva e não há idade, não há dor de cabeça nem cansaço. E nesta hora que o seu relacionamento, com aquela pessoa que foi a mais especial de sua vida, fica por um triz. Agora eu pergunto... é esse o fim? Começar um novo amor até que, daqui uns dois anos, quem sabe três, você esteja novamente dentro de um relacionamento “velho”? Escuta, mas e se você tentasse mudar? Essa música romântica que está ouvindo... não dá para chamar o seu companheiro para ouvir junto? Sabe aquele beijo caliente que viu num dos links que te enviaram? E se você chamasse a sua velha companheira para assistir com você e quem sabe até praticar um pouquinho? Porque não tentar? Eu tenho certeza que vale a pena tentar e quando você menos esperar, terá reavivado a chama. Não é o amor que acabou, foi a preguiça que deixou a paixão ficar adormecida. Está na hora de acordá-la. O título foi influência do novo trabalho do amigo JET.

PS: Se não tem a menor idéia de como começar, tente chamar a atenção assim como fez a personagem de Shirley MacLaine num antigo filme de Jerry Lewis.

http://youtu.be/rQfVT9LzE4U
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: SONY
Modelo: DSC-S930
Exposição: 1/50
Abertura: f/3.4
ISO: 640
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 8.3 mm


favorita de (11)