foto user
jorge pimenta
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Fotografia de Rua/Refúgio paraverbal para sins e nãos
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Fotografia de Rua/Refúgio paraverbal para sins e nãos
voltar lista nav-leftnav-right

Refúgio paraverbal para sins e nãos

fotografias > 

Fotografia de Rua

2021-08-30 17:16:48
comentários (53) galardões descrição exif favorita de (60)
descrição
Dizem que a palavra é sempre a morada mesmo que no anonimato dos livros que nunca li. Nunca quis saber
e ainda recordo o dia em que lhe pousei a mão no ombro, distante da mão, ela, esquecido do corpo, eu, enquanto do outro lado da rua as luzes se apagaram e a janela recolheu as flores com medo do orvalho do meu silêncio. Aprendi, nesse então, outra linguagem por entre os muros das palavras que separam os homens... dos homens.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/12500
Abertura: f/7.1
ISO: 160
Distância Focal: 380/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)
favorita de 60
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão popular
    foto
    popular
Refúgio paraverbal para sins e nãos
Dizem que a palavra é sempre a morada mesmo que no anonimato dos livros que nunca li. Nunca quis saber
e ainda recordo o dia em que lhe pousei a mão no ombro, distante da mão, ela, esquecido do corpo, eu, enquanto do outro lado da rua as luzes se apagaram e a janela recolheu as flores com medo do orvalho do meu silêncio. Aprendi, nesse então, outra linguagem por entre os muros das palavras que separam os homens... dos homens.
comentários
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/12500
Abertura: f/7.1
ISO: 160
Distância Focal: 380/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)

favorita de (60)