foto user
Sara
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Preciso de palavras inteiras...
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Preciso de palavras inteiras...
voltar lista nav-leftnav-right

Preciso de palavras inteiras...

fotografias > 

Outros

2017-10-03 21:07:51
comentários (56) galardões descrição exif favorita de (71)
descrição
Em minha infância aflita
usava um inconfessado modo de rezar
as orações que me ensinaram.
Rogava para crescer depressa.

A crença em deus parecia-me converter
o desalento na delicada esperança de uma dádiva.

Agora, quem me dera não ter crescido tanto!
É tudo tão cruel neste tempo loucamente obscuro.
Preciso de palavras inteiras: ecos
na voz dos que não ignoram o sangue,
os gritos, os muros do ódio, a dor.
Preciso de palavras únicas a susterem
os sons da vida, com pétalas adejando na boca.

Quero ir com os viajantes ou com as aves
sem direcção prevista.

Quero decifrar horizontes e habitar
o desmedido quebranto do alvorecer.

Quero esgueirar-me pelo relento das grutas,
pelo lado mais escurecido das estradas e das casas.

E deixar que cada anoitecer me denuncie.


Graça Pires
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 1/640 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.6
ISO: 400
Dist.Focal: 15mm
Dist.Focal (35mm): 15 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 6.1 (Windows)

favorita de 71
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
  • galardão curador
    curador
  • galardão curador
    curador
Preciso de palavras inteiras...
Em minha infância aflita
usava um inconfessado modo de rezar
as orações que me ensinaram.
Rogava para crescer depressa.

A crença em deus parecia-me converter
o desalento na delicada esperança de uma dádiva.

Agora, quem me dera não ter crescido tanto!
É tudo tão cruel neste tempo loucamente obscuro.
Preciso de palavras inteiras: ecos
na voz dos que não ignoram o sangue,
os gritos, os muros do ódio, a dor.
Preciso de palavras únicas a susterem
os sons da vida, com pétalas adejando na boca.

Quero ir com os viajantes ou com as aves
sem direcção prevista.

Quero decifrar horizontes e habitar
o desmedido quebranto do alvorecer.

Quero esgueirar-me pelo relento das grutas,
pelo lado mais escurecido das estradas e das casas.

E deixar que cada anoitecer me denuncie.


Graça Pires
Tag’s: ***Sara,Num Templo do Vietnam
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
  • galardão curador
    curador

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 1/640 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.6
ISO: 400
Dist.Focal: 15mm
Dist.Focal (35mm): 15 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 6.1 (Windows)


favorita de (71)