foto user
Antonio Ramos
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/Porto de outros tempos (Abra a imagem p.f.)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/Porto de outros tempos (Abra a imagem p.f.)
voltar lista nav-leftnav-right

Porto de outros tempos (Abra a imagem p.f.)

fotografias > 

Gentes e Locais

2021-02-04 11:04:33
comentários (56) galardões descrição exif favorita de (53)
descrição
Perdoem-me o meu bairrismo, o meu amor por esta terra que me viu nascer e crescer

Esta é a cidade dos lugares onde o tempo assentou raízes nas marcas da História, nas evocações dos cronistas, nas lendas retidas no imaginário popular, a cidade das ruas e travessas, largos e recantos, escadas, vielas e jardins, com nomes e referências sedimentadas nos séculos. A cidade de significados plurais, divergentes, complementares. Porto de entrada e centro vital do Norte, cabeça do território de onde Portugal nasceu e teve nome, esta é a cidade orgulhosa de si, – “Antiga, Mui Nobre, Sempre Leal e Invicta Cidade do Porto” segundo o próprio Brasão.
Esta é a cidade dos contrastes: burguesa e cosmopolita e inovadora, individualista, familiar e comunicativa, ribeirinha e atlântica, minhota-duriense e europeia, a cidade dos reencontros: tempo e memoria, continuidade e mudança, intimidade e fascínio. Uma cidade para descobrir no sentido mais autêntico da canção: Se fores ao Porto,/ eu também vou,/ buscar uma rosa,/ que lá ficou.
A.R.

exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 10/4000
Abertura: f/10.0
ISO: 200
Distância Focal: 240/10
Software: Ver.1.00
favorita de 53
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Porto de outros tempos (Abra a imagem p.f.)
Perdoem-me o meu bairrismo, o meu amor por esta terra que me viu nascer e crescer

Esta é a cidade dos lugares onde o tempo assentou raízes nas marcas da História, nas evocações dos cronistas, nas lendas retidas no imaginário popular, a cidade das ruas e travessas, largos e recantos, escadas, vielas e jardins, com nomes e referências sedimentadas nos séculos. A cidade de significados plurais, divergentes, complementares. Porto de entrada e centro vital do Norte, cabeça do território de onde Portugal nasceu e teve nome, esta é a cidade orgulhosa de si, – “Antiga, Mui Nobre, Sempre Leal e Invicta Cidade do Porto” segundo o próprio Brasão.
Esta é a cidade dos contrastes: burguesa e cosmopolita e inovadora, individualista, familiar e comunicativa, ribeirinha e atlântica, minhota-duriense e europeia, a cidade dos reencontros: tempo e memoria, continuidade e mudança, intimidade e fascínio. Uma cidade para descobrir no sentido mais autêntico da canção: Se fores ao Porto,/ eu também vou,/ buscar uma rosa,/ que lá ficou.
A.R.

Tag’s: Porto,V.N.Gaia,Matosinhos,Maia,Barcelos,Viana do Castelo,Vila do Conde,Ribeira,Foz do Douro,Lordelo,Nevogilde,Aldoar,Vitória,S.NicolauParanhos,Campanhã
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 10/4000
Abertura: f/10.0
ISO: 200
Distância Focal: 240/10
Software: Ver.1.00

favorita de (53)