foto user
Antonio Ramos
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Ponte Eiffel
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Ponte Eiffel
voltar lista nav-leftnav-right

Ponte Eiffel

fotografias > 

Outros

2021-08-16 10:23:39
comentários (39) galardões descrição exif favorita de (54)
descrição
A Ponte Rodo-Ferroviária de Viana do Castelo, mais conhecida como Ponte Eiffel, é uma estrutura que transporta a Linha do Minho e a Estrada Nacional 13 sobre o Rio Lima, junto à cidade de Viana do Castelo, em Portugal. Liga a freguesia de Santa Maria Maior a Darque,
Esta ponte possui um comprimento total de cerca de 645 m, sendo considerada, pelas suas dimensões, como uma obra monumental. É composto por dois tabuleiros metálicos, sendo o superior rodoviário e o inferior ferroviário, que têm uma extensão de 562 m, e estão divididos em 10 tramos contínuos de vigas rectas. Utiliza vigas de rótula múltipla. O vão mínimo entre dois pilares é de 46,08 m.
É um símbolo da arquitetura do Ferro em Portugal.
Em meados do Século XIX, o principal meio de transporte em Viana do Castelo era o fluvial, utilizando o Rio Lima, devido ao péssimo estado em que as vias rodoviárias se encontravam. Esta situação só se modificou a partir da Década de 1850, com a criação, por decreto de 22 de Julho de 1852, do Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria, que deu um grande impulso aos transportes terrestres em Portugal. Assim, em 1856, foi concluída a estrada macadamizada do Porto a Viana do Castelo, passando por Barcelos e Famalicão. Originalmente, a travessia do Rio Lima era feita a bordo de uma barca do concelho; posteriormente, foi substituída por uma ponte em madeira, cuja construção foi autorizada em 1807. No entanto, devido às Invasões francesas, as obras só começaram entre 1818 e 1820. Esta ponte ligava os mesmos locais onde a barca atracava, ou seja, a Praça do Príncipe, na margem direita, ao Cais de São Lourenço, na margem esquerda. A ponte foi desde o princípio considerada como uma solução provisória, tendo-se previsto para depois a sua substituição por uma de pedra; no entanto, as receitas provenientes da portagem eram consideravelmente iguais às despesas de conservação, pelo que o Juiz de Fora de Viana, que administrava a ponte, não conseguia reunir os capitais suficientes para a construção da nova ponte.]

A última intervenção realizada na ponte centenária foi realizada em 2016, para a substituição
Em Outubro de 2020, a Direção-Geral do Património Cultural propôs a classificação da ponte como Monumento Nacional.

exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 10/6400
Abertura: f/13.0
ISO: 200
Distância Focal: 240/10
Software: Ver.1.00
favorita de 54
galardões
Esta foto não tem galardões
Ponte Eiffel
A Ponte Rodo-Ferroviária de Viana do Castelo, mais conhecida como Ponte Eiffel, é uma estrutura que transporta a Linha do Minho e a Estrada Nacional 13 sobre o Rio Lima, junto à cidade de Viana do Castelo, em Portugal. Liga a freguesia de Santa Maria Maior a Darque,
Esta ponte possui um comprimento total de cerca de 645 m, sendo considerada, pelas suas dimensões, como uma obra monumental. É composto por dois tabuleiros metálicos, sendo o superior rodoviário e o inferior ferroviário, que têm uma extensão de 562 m, e estão divididos em 10 tramos contínuos de vigas rectas. Utiliza vigas de rótula múltipla. O vão mínimo entre dois pilares é de 46,08 m.
É um símbolo da arquitetura do Ferro em Portugal.
Em meados do Século XIX, o principal meio de transporte em Viana do Castelo era o fluvial, utilizando o Rio Lima, devido ao péssimo estado em que as vias rodoviárias se encontravam. Esta situação só se modificou a partir da Década de 1850, com a criação, por decreto de 22 de Julho de 1852, do Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria, que deu um grande impulso aos transportes terrestres em Portugal. Assim, em 1856, foi concluída a estrada macadamizada do Porto a Viana do Castelo, passando por Barcelos e Famalicão. Originalmente, a travessia do Rio Lima era feita a bordo de uma barca do concelho; posteriormente, foi substituída por uma ponte em madeira, cuja construção foi autorizada em 1807. No entanto, devido às Invasões francesas, as obras só começaram entre 1818 e 1820. Esta ponte ligava os mesmos locais onde a barca atracava, ou seja, a Praça do Príncipe, na margem direita, ao Cais de São Lourenço, na margem esquerda. A ponte foi desde o princípio considerada como uma solução provisória, tendo-se previsto para depois a sua substituição por uma de pedra; no entanto, as receitas provenientes da portagem eram consideravelmente iguais às despesas de conservação, pelo que o Juiz de Fora de Viana, que administrava a ponte, não conseguia reunir os capitais suficientes para a construção da nova ponte.]

A última intervenção realizada na ponte centenária foi realizada em 2016, para a substituição
Em Outubro de 2020, a Direção-Geral do Património Cultural propôs a classificação da ponte como Monumento Nacional.

Tag’s: Porto,Maiaq,Matosinhos,V.N.Gaia,Viana do Castelo,caminha,Vilar de Mouros
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 10/6400
Abertura: f/13.0
ISO: 200
Distância Focal: 240/10
Software: Ver.1.00

favorita de (54)