foto user
RED/Benjamim Leandro de Medeiros
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/PÓETICA PRIMAVERA
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/PÓETICA PRIMAVERA
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
MUSICA http://www.youtube.com/watch?v=h5EUcYw96us
ELA CHEGOU .... E para se chegar à Primavera é necessário passar pelo frio intenso do inverno ... mas ela chegou com poesia.

UM CEGO SENTE A PRIMAVERA

Caminhando pela rua com a bengala á sua frente
Só ele pode saber o que vai na sua mente
Um pouco embaraçado com um sorriso engraçado
Ele vai seguindo em frente parando aqui e ali
Com a bengala a bater vai seguindo o seu caminho
É cego não pode ver para ele é tudo igual
Seja noite ou seja dia Mas leva uma vida normal
Sempre com muita alegria vive o seu dia a dia
Tendo por companhia a bengala ou o seu cão
É cego não pode ver utiliza a audição
No final deste poema palavras não são demais
Eles são iguais a nós os cegos ou invisuais.
exif / informação técnica
Sem informações de EXIF
favorita de 8
galardões
Esta foto não tem galardões
PÓETICA PRIMAVERA
MUSICA http://www.youtube.com/watch?v=h5EUcYw96us
ELA CHEGOU .... E para se chegar à Primavera é necessário passar pelo frio intenso do inverno ... mas ela chegou com poesia.

UM CEGO SENTE A PRIMAVERA

Caminhando pela rua com a bengala á sua frente
Só ele pode saber o que vai na sua mente
Um pouco embaraçado com um sorriso engraçado
Ele vai seguindo em frente parando aqui e ali
Com a bengala a bater vai seguindo o seu caminho
É cego não pode ver para ele é tudo igual
Seja noite ou seja dia Mas leva uma vida normal
Sempre com muita alegria vive o seu dia a dia
Tendo por companhia a bengala ou o seu cão
É cego não pode ver utiliza a audição
No final deste poema palavras não são demais
Eles são iguais a nós os cegos ou invisuais.
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões