foto user
poetaromasi
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Retratos/Piso a areia da praia
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Retratos/Piso a areia da praia
voltar lista nav-leftnav-right

Piso a areia da praia

fotografias > 

Retratos

2016-10-20 20:06:11
Ver no mapa
comentários (29) galardões descrição exif favorita de (56)
descrição
PISO A AREIA DA PRAIA
Rogério Martins Simões

Piso a areia da praia!
Que pesos pesam os pés!
Parecem uma raia
Presa nas marés.

Transporto a toalha
Levo comigo o jornal
Recordo jogar a malha
Levo a dor no bornal

Piso a areia da praia!
Vou pela borda da água.
Onda amena que espraia
Leva contigo a minha mágoa...

Queria de novo ter saúde
Ser novamente feliz
Tremer não é virtude
Tremer eu nunca quis

E tu mulher que me aturas?!
Dás-me sempre a tua mão
Por que é que me seguras!
Penso: deitado no chão

Esta dor ainda não vence
Quem vence as ondas do mar?
A minha vida a Deus pertence
A maresia não veio para ficar...

Como esta areia brilhante
A que a praia chamou de sua
Areia que és a sua amante
Mar salgado a praia é tua!

O sol quente quase desmaia
Um perfume paira no ar
Piso a areia da praia
Vou finalmente nadar!

30-09-2004 21:00:13
Alterado 2011
Aldeia do Meco
(Registado no Ministério da Cultura
- Inspeção-Geral das Atividades Culturais I.G.A.C. –
Processo n.º 2079/09)


exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX1 IS
Exposição: 1/999 sec
Exposição (EV+/-):
Abertura: f/5
ISO: 80
Dist.Focal: 58.1mm
Dist.Focal (35mm):
Software:

favorita de 56
galardões
Esta foto não tem galardões
Piso a areia da praia
PISO A AREIA DA PRAIA
Rogério Martins Simões

Piso a areia da praia!
Que pesos pesam os pés!
Parecem uma raia
Presa nas marés.

Transporto a toalha
Levo comigo o jornal
Recordo jogar a malha
Levo a dor no bornal

Piso a areia da praia!
Vou pela borda da água.
Onda amena que espraia
Leva contigo a minha mágoa...

Queria de novo ter saúde
Ser novamente feliz
Tremer não é virtude
Tremer eu nunca quis

E tu mulher que me aturas?!
Dás-me sempre a tua mão
Por que é que me seguras!
Penso: deitado no chão

Esta dor ainda não vence
Quem vence as ondas do mar?
A minha vida a Deus pertence
A maresia não veio para ficar...

Como esta areia brilhante
A que a praia chamou de sua
Areia que és a sua amante
Mar salgado a praia é tua!

O sol quente quase desmaia
Um perfume paira no ar
Piso a areia da praia
Vou finalmente nadar!

30-09-2004 21:00:13
Alterado 2011
Aldeia do Meco
(Registado no Ministério da Cultura
- Inspeção-Geral das Atividades Culturais I.G.A.C. –
Processo n.º 2079/09)


Tag’s: poetaromasi,Rogério Simões,poesia,gaivotas em festim,Praia das Bicas,Parkinson
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX1 IS
Exposição: 1/999 sec
Exposição (EV+/-):
Abertura: f/5
ISO: 80
Dist.Focal: 58.1mm
Dist.Focal (35mm):
Software:


favorita de (56)