foto user
Elisabete Rodrigues
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/...parabéns, Guimarães...
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/...parabéns, Guimarães...
voltar lista nav-leftnav-right

...parabéns, Guimarães...

fotografias > 

Gentes e Locais

2018-12-13 17:22:56
comentários (62) galardões descrição exif favorita de (64)
descrição
Património Mundial da Humanidade, pela UNESCO desde 13/12/2001 - há 17 anos!

património mundial
Centro Histórico de Guimarães – Património Mundial (2001)

Guimarães é uma cidade com um glorioso passado histórico, cuja história está associada à fundação da identidade nacional portuguesa e à língua portuguesa no séc. XII.

O Centro Histórico de Guimarães constitui um vestígio único de um tipo particular de concepção de cidade, que teve a sua própria evolução, devido à morfologia do seu tecido urbano medieval, que conforma uma sucessão de praças de grande valor formal e qualidade ambiental bem como, de um tipo particular de construção, tipologicamente diversificado, mas com uma grande unidade formal no seu conjunto, integralmente erguido com as técnicas construtivas tradicionais, e designados por taipa de rodízio e taipa de fasquio.

Este Bem único que a UNESCO classificou em 13 de Dezembro de 2001 é o investimento mais reprodutivo e duradoiro na cidade. O mais rentável para a cidade é o que de único ela tem, e o Mundo reconhece.

O Comité da UNESCO inscreveu o Centro Histórico de Guimarães na Lista de Bens Património Mundial, baseado nos seguintes critérios:

Guimarães é de um considerável significado universal, na medida em que aqui se desenvolveram técnicas especializadas de construção deedifícios durante a Idade Média que depois foram exportadas para ascolónias portuguesas, na África e no Novo Mundo, transformando-se, mesmo, em características essenciais.
A história de Guimarães está intimamente associada com o estabelecimento da identidade nacional portuguesa e da língua portuguesa no século XII.
Guimarães, uma cidade excepcionalmente bem preservada, reflecte a evolução de alguns edifícios particulares desde os tempos medievais até ao presente, com particular incidência entre os séculos XV e XIX.

whc.unesco.org
fonte: https://www.guimaraesturismo.com/pages/118
exif / informação técnica
Máquina: SONY
Modelo: DSC-W320
Exposição: 1/100 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/3.5
ISO: 1250
Dist.Focal: 7.9mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Windows Photo Editor 10.0.10011.16384

favorita de 64
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
...parabéns, Guimarães...
Património Mundial da Humanidade, pela UNESCO desde 13/12/2001 - há 17 anos!

património mundial
Centro Histórico de Guimarães – Património Mundial (2001)

Guimarães é uma cidade com um glorioso passado histórico, cuja história está associada à fundação da identidade nacional portuguesa e à língua portuguesa no séc. XII.

O Centro Histórico de Guimarães constitui um vestígio único de um tipo particular de concepção de cidade, que teve a sua própria evolução, devido à morfologia do seu tecido urbano medieval, que conforma uma sucessão de praças de grande valor formal e qualidade ambiental bem como, de um tipo particular de construção, tipologicamente diversificado, mas com uma grande unidade formal no seu conjunto, integralmente erguido com as técnicas construtivas tradicionais, e designados por taipa de rodízio e taipa de fasquio.

Este Bem único que a UNESCO classificou em 13 de Dezembro de 2001 é o investimento mais reprodutivo e duradoiro na cidade. O mais rentável para a cidade é o que de único ela tem, e o Mundo reconhece.

O Comité da UNESCO inscreveu o Centro Histórico de Guimarães na Lista de Bens Património Mundial, baseado nos seguintes critérios:

Guimarães é de um considerável significado universal, na medida em que aqui se desenvolveram técnicas especializadas de construção deedifícios durante a Idade Média que depois foram exportadas para ascolónias portuguesas, na África e no Novo Mundo, transformando-se, mesmo, em características essenciais.
A história de Guimarães está intimamente associada com o estabelecimento da identidade nacional portuguesa e da língua portuguesa no século XII.
Guimarães, uma cidade excepcionalmente bem preservada, reflecte a evolução de alguns edifícios particulares desde os tempos medievais até ao presente, com particular incidência entre os séculos XV e XIX.

whc.unesco.org
fonte: https://www.guimaraesturismo.com/pages/118
Tag’s: .parabéns,Guimarães,Património,UNESCO,17 anos
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: SONY
Modelo: DSC-W320
Exposição: 1/100 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/3.5
ISO: 1250
Dist.Focal: 7.9mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Windows Photo Editor 10.0.10011.16384