foto user
vitóriarocha
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Natural/Ontem passei o dia ouvindo o que o mar dizia......
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Natural/Ontem passei o dia ouvindo o que o mar dizia......
voltar lista nav-leftnav-right

Ontem passei o dia ouvindo o que o mar dizia......

fotografias > 

Paisagem Natural

2016-09-29 02:30:53
comentários (66) galardões descrição exif favorita de (83)
descrição
Eu hontem passei o dia
Ouvindo o que o mar dizia.

Chorámos, rimos, cantámos.

Fallou-me do seu destino,
Do seu fado...

Depois para se alegrar,
Ergueu.se e, bailando, e rindo,
Poz-se a cantar
Um canto molhádo e lindo.

O seu hálito perfuma,
E o seu perfume faz mal!.

Deserto de águas sem fim.

Ó sepultura da minha raça
Quando me guardas a mim?...

Elle afastou-se calado;
Eu afastei-me mais triste,
Mais doente, mais cansado...

Ao longe o Sol na agonia
De rôxo as águas tingia.

"Voz do mar, mysteriosa;
Voz do amor e da verdade!
- Ó voz moribunda e dôce
Da minha grande Saudade!
Voz amarga de quem fica,
Trémula voz de quem parte..."
...................................................................

E os poetas a cantar
São echos da voz do mar!

António Botto, in "Cancões!

exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 1200D
Exposição: 1/160 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/14
ISO: 100
Dist.Focal: 20mm
Dist.Focal (35mm):
Software:

favorita de 83
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Ontem passei o dia ouvindo o que o mar dizia......
Eu hontem passei o dia
Ouvindo o que o mar dizia.

Chorámos, rimos, cantámos.

Fallou-me do seu destino,
Do seu fado...

Depois para se alegrar,
Ergueu.se e, bailando, e rindo,
Poz-se a cantar
Um canto molhádo e lindo.

O seu hálito perfuma,
E o seu perfume faz mal!.

Deserto de águas sem fim.

Ó sepultura da minha raça
Quando me guardas a mim?...

Elle afastou-se calado;
Eu afastei-me mais triste,
Mais doente, mais cansado...

Ao longe o Sol na agonia
De rôxo as águas tingia.

"Voz do mar, mysteriosa;
Voz do amor e da verdade!
- Ó voz moribunda e dôce
Da minha grande Saudade!
Voz amarga de quem fica,
Trémula voz de quem parte..."
...................................................................

E os poetas a cantar
São echos da voz do mar!

António Botto, in "Cancões!

Tag’s: Mar,poema,António Botto,saudade
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 1200D
Exposição: 1/160 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/14
ISO: 100
Dist.Focal: 20mm
Dist.Focal (35mm):
Software:


favorita de (83)