foto user
H.S.N.
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Natural/O POLJE de Minde, Mira Dáire (LER)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Natural/O POLJE de Minde, Mira Dáire (LER)
voltar lista nav-leftnav-right

O POLJE de Minde, Mira Dáire (LER)

fotografias > 

Paisagem Natural

2015-12-01 17:55:31
Ver no mapa
comentários (59) galardões descrição exif favorita de (72)
descrição
O Mar de Minde
....é uma vasta "lagoa" que se cria no polje de Minde, na Serra de Aire e Candeeiros, quando as condições de pluviosidade excedem os valores considerados normais e os terrenos atingem um nível tal de saturação que não lhes permite absorver mais água.

"Os Poljes ocorrem em zonas de geologia calcárea, em que a erosão ao longo das eras geológicas fez já "estragos" consideráveis. Sendo uma rocha bastante solúvel, o calcário cria redes de galerias subterrâneas, entre grutas e algares.

Ao invés do que é normal, a circulação de águas subterrâneas faz-se no seu essencial por redes de galerias com secções que vão dos pouco centímetros às várias dezenas de metros e não por lençóis e estratos mais ou menos porosos. Na verdade, não existem rios de superfície nestas áreas, eles tomam a forma subterrânea e só aparecem à superfície, já na periferia dos maciços calcáreos.

Como exemplo, de grande magnitude a nível nacional, temos as conhecidas grutas de Mira d'Aire e as não tão conhecidas, embora com a mesa ordem de grandeza, do Almonda.

No caso concreto, o polje de Mira-Minde (o queijo suiço) é drenado na periferia do maciço pelas nascentes dos rios Lena, Alviela e Almonda só para citar as mais conhecidas.

Quando o entrada de água no sistema é superior ao caudal permitido pelas nascentes, a água eleva-se dentro da rede e inunda esta área deprimida que é o polje, através de 2 ou 3 algares existentes na sua base, formando este mar temporário.

Uns tempos depois, com a diminuição da precipitação, este "mar" esvazia pelos mesmos locais por onde inundou.

Como é necessário que haja uma certa concentração temporal de grandes quantidades de precipitação, este fenómeno não é regular e não tem periodicidade certa"
exif / informação técnica
Sem informações de EXIF
favorita de 72
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
O POLJE de Minde, Mira Dáire (LER)
O Mar de Minde
....é uma vasta "lagoa" que se cria no polje de Minde, na Serra de Aire e Candeeiros, quando as condições de pluviosidade excedem os valores considerados normais e os terrenos atingem um nível tal de saturação que não lhes permite absorver mais água.

"Os Poljes ocorrem em zonas de geologia calcárea, em que a erosão ao longo das eras geológicas fez já "estragos" consideráveis. Sendo uma rocha bastante solúvel, o calcário cria redes de galerias subterrâneas, entre grutas e algares.

Ao invés do que é normal, a circulação de águas subterrâneas faz-se no seu essencial por redes de galerias com secções que vão dos pouco centímetros às várias dezenas de metros e não por lençóis e estratos mais ou menos porosos. Na verdade, não existem rios de superfície nestas áreas, eles tomam a forma subterrânea e só aparecem à superfície, já na periferia dos maciços calcáreos.

Como exemplo, de grande magnitude a nível nacional, temos as conhecidas grutas de Mira d'Aire e as não tão conhecidas, embora com a mesa ordem de grandeza, do Almonda.

No caso concreto, o polje de Mira-Minde (o queijo suiço) é drenado na periferia do maciço pelas nascentes dos rios Lena, Alviela e Almonda só para citar as mais conhecidas.

Quando o entrada de água no sistema é superior ao caudal permitido pelas nascentes, a água eleva-se dentro da rede e inunda esta área deprimida que é o polje, através de 2 ou 3 algares existentes na sua base, formando este mar temporário.

Uns tempos depois, com a diminuição da precipitação, este "mar" esvazia pelos mesmos locais por onde inundou.

Como é necessário que haja uma certa concentração temporal de grandes quantidades de precipitação, este fenómeno não é regular e não tem periodicidade certa"
Tag’s: #portugal,#photooftheday,#portodemós,#polje
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Sem informações de EXIF

favorita de (72)