foto user
Marina Aguiar
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/No Topo do Palácio
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/No Topo do Palácio
voltar lista nav-leftnav-right

No Topo do Palácio

fotografias > 

História

2010-08-22 19:25:58
comentários (59) galardões descrição exif favorita de (18)
descrição
A Quinta da Regaleira, é um lugar para se sentir. Não basta contar-lhe a memória, a paisagem, os mistérios.

António Augusto Carvalho Monteiro, conhecido como o "Monteiro dos Milhões”, adquiriu a Quinta em 1892 por 25 contos de réis. O grande mentor da Regaleira, era um homem conservador, monárquico e cristão gnóstico e, como tal, adepto de uma arte simbólica, com o objectivo de ressuscitar o passado.

A predomonância do estilo neomanuelino e a recorrência a elementos do sobrenatural e do sagrado, não é mais do que o assumir à nostalgia dos tempos gloriosos e ricos dos descobrimentos!

O Palácio é o edifício principal da quinta e é marcado pela presença de uma torre octogonal, um cruzamento de arquitectura manuelina, renascentista, gótica e romântica, sendo de uma beleza extraordinária, e de um simbolismo incrível.

No interior do palácio não resta muito mobiliário, pelo que é apenas de destacar os tectos em madeira de carvalho e castanho, as paredes pintadas ou esculpidas e os mosaicos que cobrem o chão.

exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D5000
Exposição: 10/4000
Abertura: f/10
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 32 mm

favorita de 18
galardões
Esta foto não tem galardões
No Topo do Palácio
A Quinta da Regaleira, é um lugar para se sentir. Não basta contar-lhe a memória, a paisagem, os mistérios.

António Augusto Carvalho Monteiro, conhecido como o "Monteiro dos Milhões”, adquiriu a Quinta em 1892 por 25 contos de réis. O grande mentor da Regaleira, era um homem conservador, monárquico e cristão gnóstico e, como tal, adepto de uma arte simbólica, com o objectivo de ressuscitar o passado.

A predomonância do estilo neomanuelino e a recorrência a elementos do sobrenatural e do sagrado, não é mais do que o assumir à nostalgia dos tempos gloriosos e ricos dos descobrimentos!

O Palácio é o edifício principal da quinta e é marcado pela presença de uma torre octogonal, um cruzamento de arquitectura manuelina, renascentista, gótica e romântica, sendo de uma beleza extraordinária, e de um simbolismo incrível.

No interior do palácio não resta muito mobiliário, pelo que é apenas de destacar os tectos em madeira de carvalho e castanho, as paredes pintadas ou esculpidas e os mosaicos que cobrem o chão.

comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D5000
Exposição: 10/4000
Abertura: f/10
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 32 mm


favorita de (18)