foto user
Telmo Pedrosa
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/Leões com asas (alados) - ver texto
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/Leões com asas (alados) - ver texto
voltar lista nav-leftnav-right

Leões com asas (alados) - ver texto

fotografias > 

História

2017-07-20 15:32:15
comentários (15) galardões descrição exif favorita de (21)
descrição
Leão com Asas de Águia
Um leão alado é símbolo muito adequado para representar a Babilônia. O leão alado encontra-se nas obras de arte babilónicas. Era comum a combinação de leão e águia: geralmente um leão com asas de águia, as vezes com garras ou bico; outra combinação parecida era o águia com cabeça de leão. O leão alado é uma das formas desse animal-símbolo que com frequência se representa combatendo junto a Marduk, o deus patrono de Babilónia. Outros profetas da Bíblia também se referiram ao rei Nabucodonosor por meio de figuras semelhantes. O leão como rei das feras e o águia como rainha das aves representavam adequadamente ao Império de Babilonia no apogeu de sua glória. O leão se destaca por sua força, enquanto o águia é famosa pelo vigor e o alcance de seus vôos. O poder de Nabucodonosor se sentiu não só na Babilónia, mas desde o Mediterrâneo até o Golfo Pérsico, e desde o Ásia Menor até Egipto. Por isso é adequado representar o alcance do poder de Babilónia com um leão dotado de asas de águia. Ainda se traçarmos um paralelo com a profecia de Daniel 2, o primeiro império representado pela cabeça da estátua era Babilónia. Da mesma forma a primeira besta é o império de Nabucodonosor.
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 700D
Exposição: 1/800 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/9
ISO: 100
Dist.Focal: 127mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop CC (Windows)

favorita de 21
galardões
Esta foto não tem galardões
Leões com asas (alados) - ver texto
Leão com Asas de Águia
Um leão alado é símbolo muito adequado para representar a Babilônia. O leão alado encontra-se nas obras de arte babilónicas. Era comum a combinação de leão e águia: geralmente um leão com asas de águia, as vezes com garras ou bico; outra combinação parecida era o águia com cabeça de leão. O leão alado é uma das formas desse animal-símbolo que com frequência se representa combatendo junto a Marduk, o deus patrono de Babilónia. Outros profetas da Bíblia também se referiram ao rei Nabucodonosor por meio de figuras semelhantes. O leão como rei das feras e o águia como rainha das aves representavam adequadamente ao Império de Babilonia no apogeu de sua glória. O leão se destaca por sua força, enquanto o águia é famosa pelo vigor e o alcance de seus vôos. O poder de Nabucodonosor se sentiu não só na Babilónia, mas desde o Mediterrâneo até o Golfo Pérsico, e desde o Ásia Menor até Egipto. Por isso é adequado representar o alcance do poder de Babilónia com um leão dotado de asas de águia. Ainda se traçarmos um paralelo com a profecia de Daniel 2, o primeiro império representado pela cabeça da estátua era Babilónia. Da mesma forma a primeira besta é o império de Nabucodonosor.
Tag’s: leões,escultura,Coimbra,asas
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 700D
Exposição: 1/800 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/9
ISO: 100
Dist.Focal: 127mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop CC (Windows)