foto user
Paulo S.
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Urbana/INCÓGNITO
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Urbana/INCÓGNITO
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
Não há um primeiro lugar onde estar

Os lugares são ilusões

Onde te encontras

Ainda que não literalmente

Encontrar-se

Em estado avançado

Consciente

Sem imposição

Pode o poder parecer algo maior

Algo que marca

Um lugar onde estar

Onde estás

Como se fosse para sempre

Mas não

Não podes marcar qualquer lugar

E o poder

Existindo

É apenas ilusão de conforto

Sensação de domínio sobre a impermanência

Mito que se faz verdade no teu querer

Sem que nada se desenvolva realmente

Ser humano é não ser nada

Saco vazio arrastado pelo vento

Muitas escolhas para uma única finalidade

Avançar

Na continuidade do ciclo

Antevendo o fim

Mais um início

Sem deixar marcas

Por muito que a tua obra seja imortal

Perecerás

Serás alvo do esquecimento

E tudo o que julgas agora conquistar

Tudo o que parece sobre o teu domínio

Será apenas história

A história incógnita

Dos que não tiveram relevância

Perderam a existência

Nessa passagem inexorável

Onde não impera qualquer poder

PS
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX540 HS
Exposição: 1/400
Abertura: f/4.0
ISO: 80
Distância Focal: 6577/1000
Software: PhotoScape
favorita de 10
galardões
Esta foto não tem galardões
INCÓGNITO
Não há um primeiro lugar onde estar

Os lugares são ilusões

Onde te encontras

Ainda que não literalmente

Encontrar-se

Em estado avançado

Consciente

Sem imposição

Pode o poder parecer algo maior

Algo que marca

Um lugar onde estar

Onde estás

Como se fosse para sempre

Mas não

Não podes marcar qualquer lugar

E o poder

Existindo

É apenas ilusão de conforto

Sensação de domínio sobre a impermanência

Mito que se faz verdade no teu querer

Sem que nada se desenvolva realmente

Ser humano é não ser nada

Saco vazio arrastado pelo vento

Muitas escolhas para uma única finalidade

Avançar

Na continuidade do ciclo

Antevendo o fim

Mais um início

Sem deixar marcas

Por muito que a tua obra seja imortal

Perecerás

Serás alvo do esquecimento

E tudo o que julgas agora conquistar

Tudo o que parece sobre o teu domínio

Será apenas história

A história incógnita

Dos que não tiveram relevância

Perderam a existência

Nessa passagem inexorável

Onde não impera qualquer poder

PS
Tag’s: VIDA
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX540 HS
Exposição: 1/400
Abertura: f/4.0
ISO: 80
Distância Focal: 6577/1000
Software: PhotoScape

favorita de (10)