foto user
Luís Beleza Vaz
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/gárgulas  na Sé de Braga  (ler o texto)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/gárgulas  na Sé de Braga  (ler o texto)
voltar lista nav-leftnav-right

gárgulas na Sé de Braga (ler o texto)

fotografias > 

História

2016-11-09 11:51:33
Ver no mapa
comentários (48) galardões descrição exif favorita de (69)
descrição
"Trata-se de um pormenor existente na cabeceira da Sé de Braga, visível aos olhos mais perspicazes na rua de Nossa Senhora do Leite, mas traseiras da catedral. Os artistas biscainhos contratados pelo Arcebispo D. Diogo de Sousa (1505-32) para refazerem a capela-mor da catedral, deixaram aos vindouros uma obra notável, onde surge destacadamente a imagem de Nossa Senhora do Leite. No coroamento da platibanda, encobrindo o telhado, observa-se o rendilhado tardo-gótico, quebrado pela existência de gárgulas, que servem para escoar a água dos algerozes. Ora, sendo típico deste tipo de esculturas o escoamento da água pela boca, há uma das gárgulas que surpreende por fazer brotar a água, não pela boca, mas pelo ânus. ......."

IN: http://bragamaior.blogspot.pt/2013/04/uma-homenagem-de-braga-nuestros-hermanos.html
exif / informação técnica
Máquina: OLYMPUS IMAGING CORP.
Modelo: SZ-14
Exposição: 1/500 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/3
ISO: 160
Dist.Focal: 4.5mm
Dist.Focal (35mm): 25 mm
Software: Windows Photo Editor 10.0.10011.16384

favorita de 69
galardões
Esta foto não tem galardões
gárgulas na Sé de Braga (ler o texto)
"Trata-se de um pormenor existente na cabeceira da Sé de Braga, visível aos olhos mais perspicazes na rua de Nossa Senhora do Leite, mas traseiras da catedral. Os artistas biscainhos contratados pelo Arcebispo D. Diogo de Sousa (1505-32) para refazerem a capela-mor da catedral, deixaram aos vindouros uma obra notável, onde surge destacadamente a imagem de Nossa Senhora do Leite. No coroamento da platibanda, encobrindo o telhado, observa-se o rendilhado tardo-gótico, quebrado pela existência de gárgulas, que servem para escoar a água dos algerozes. Ora, sendo típico deste tipo de esculturas o escoamento da água pela boca, há uma das gárgulas que surpreende por fazer brotar a água, não pela boca, mas pelo ânus. ......."

IN: http://bragamaior.blogspot.pt/2013/04/uma-homenagem-de-braga-nuestros-hermanos.html
Tag’s: Sé de Braga,gárgulas impúdicas na Sé de Braga,Gárgulas na Sé de Braga,rendilhado tardo-gótico
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: OLYMPUS IMAGING CORP.
Modelo: SZ-14
Exposição: 1/500 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/3
ISO: 160
Dist.Focal: 4.5mm
Dist.Focal (35mm): 25 mm
Software: Windows Photo Editor 10.0.10011.16384


favorita de (69)