foto user
jorge pimenta
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Arquitetura/Erotika
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Arquitetura/Erotika
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
Erguem-se correntes de lava trespassando o corpo de Norte a Sul, são lugares sem geografia, mundos escondendo o grande enigma masculino que tu, com a tua chegada sem anúncio, fizeste mapa de tesouro desvendado num eco de saliva, seiva e sangue. E logo escorremos no tango dos corpos, num bailado que freme e vibra, grita e se agita, desde o alto da montanha mais inacessível até à porta com que o mundo se revela, e é ali que, serpenteando os lábios, nos visitamos numa sintaxe de saliva alagando cidades e anunciando gondoleiros de infinitos. Por fim, o grande navio desafiando as marés, em vagas de 20 metros, para cima e para baixo, até que o mar se torne céu, nesse abraço líquido desde o princípio do mundo até ao céu da boca... E, de olhos semicerrados, sorrimos, deixando que a felicidade-instante cante, delire e arda… uma e outra vez.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/1000
Abertura: f/5.6
ISO: 2200
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)
favorita de 65
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Erotika
Erguem-se correntes de lava trespassando o corpo de Norte a Sul, são lugares sem geografia, mundos escondendo o grande enigma masculino que tu, com a tua chegada sem anúncio, fizeste mapa de tesouro desvendado num eco de saliva, seiva e sangue. E logo escorremos no tango dos corpos, num bailado que freme e vibra, grita e se agita, desde o alto da montanha mais inacessível até à porta com que o mundo se revela, e é ali que, serpenteando os lábios, nos visitamos numa sintaxe de saliva alagando cidades e anunciando gondoleiros de infinitos. Por fim, o grande navio desafiando as marés, em vagas de 20 metros, para cima e para baixo, até que o mar se torne céu, nesse abraço líquido desde o princípio do mundo até ao céu da boca... E, de olhos semicerrados, sorrimos, deixando que a felicidade-instante cante, delire e arda… uma e outra vez.
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/1000
Abertura: f/5.6
ISO: 2200
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)

favorita de (65)