foto user
jorge pimenta
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Do que se não escreve
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Do que se não escreve
voltar lista nav-leftnav-right

Do que se não escreve

fotografias > 

Outros

2021-08-11 12:05:04
comentários (50) galardões descrição exif favorita de (64)
descrição
O silêncio do teu nome chama sem que ele o saiba escutar. Com o tempo deixou de prestar atenção ao que importa e nem aquela flor que se desprende diante do olhar, pétala a pétala, lhe agita as saliências da pele. Durante anos viveu na hipnose dos versos, a cicatrizar mundos onde até os deuses o ignoraram, durante anos escreveu, escreveu febrilmente, escreveu soltando brisas nas rimas, entrançando vozes nos versos e sabendo de cor todas as palavras com que se escreve o corpo… tudo viu, tudo fez seu, tudo escreveu e, neste estremecimento feminino deixou que a noite lhe fosse buscar a essência das mãos de onde se extrai o dia: e hoje, tantos poemas depois, ainda não sabe que a linguagem do Amor não tem gramática e torna todas as palavras impronunciáveis...
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/1000
Abertura: f/6.3
ISO: 640
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)
favorita de 64
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Do que se não escreve
O silêncio do teu nome chama sem que ele o saiba escutar. Com o tempo deixou de prestar atenção ao que importa e nem aquela flor que se desprende diante do olhar, pétala a pétala, lhe agita as saliências da pele. Durante anos viveu na hipnose dos versos, a cicatrizar mundos onde até os deuses o ignoraram, durante anos escreveu, escreveu febrilmente, escreveu soltando brisas nas rimas, entrançando vozes nos versos e sabendo de cor todas as palavras com que se escreve o corpo… tudo viu, tudo fez seu, tudo escreveu e, neste estremecimento feminino deixou que a noite lhe fosse buscar a essência das mãos de onde se extrai o dia: e hoje, tantos poemas depois, ainda não sabe que a linguagem do Amor não tem gramática e torna todas as palavras impronunciáveis...
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/1000
Abertura: f/6.3
ISO: 640
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)

favorita de (64)