foto user
jorge pimenta
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Urbana/De um tempo jamais finito
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Urbana/De um tempo jamais finito
voltar lista nav-leftnav-right

De um tempo jamais finito

fotografias > 

Paisagem Urbana

2021-07-11 09:47:05
comentários (44) galardões descrição exif favorita de (67)
descrição
Ao meu Pai.
Porque o silêncio chama mas só a palavra habita


Não quero saber do tempo sobre as nossas cabeças, do silêncio dos livros ou do fim do verão, não quero saber do dia que termina e não recomeça, do automóvel avariado na curva ou do relógio sem corda; todo o tempo acaba, sei-o eu, sabe-lo tu, mas seremos sempre vulcão a faiscar vida no infinito dos olhos, indiferentes à arqueologia da memória que junta cacos numa caixa de sapatos e os enterra num recanto da arrecadação.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D610
Exposição: 10/600
Abertura: f/3.2
ISO: 1600
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)
favorita de 67
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
De um tempo jamais finito
Ao meu Pai.
Porque o silêncio chama mas só a palavra habita


Não quero saber do tempo sobre as nossas cabeças, do silêncio dos livros ou do fim do verão, não quero saber do dia que termina e não recomeça, do automóvel avariado na curva ou do relógio sem corda; todo o tempo acaba, sei-o eu, sabe-lo tu, mas seremos sempre vulcão a faiscar vida no infinito dos olhos, indiferentes à arqueologia da memória que junta cacos numa caixa de sapatos e os enterra num recanto da arrecadação.
comentários
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D610
Exposição: 10/600
Abertura: f/3.2
ISO: 1600
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)

favorita de (67)