foto user
joãozero
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/Banho 29.
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/Banho 29.
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
O “Banho 29” como ficou conhecido, tornou-se uma tradição entre os serranos, crentes, de que neste dia de Agosto as águas do mar se encontravam bentas. Por isso, a 29 de Agosto, homens, mulheres e crianças banhavam-se no mar, levando consigo os animais domésticos e nem o gado escapava ao banho.

Montados em burros, a pé, conduzindo em grupos, rebanhos de cabras, bodes e ovelhas, jumentos, mulas e até cavalos utilizados na lavoura das terras, as populações rurais desciam da serra às praias mais próximas para o “Banho 29”.

Desde as praias no concelho de Aljezur, como Bordeira, Carrapateira e Odeceixe, passando pelos areais de Lagos, Portimão, Quarteira, Manta Rota e Vila Real de Santo António, a população do campo juntava-se em grupos para cumprir a tradição.

Em tempos remotos, os homens usavam como fato de banho (ceroulas compridas atadas com nastro aos artelhos), enquanto as mulheres vestiam combinações ou camisas de dormir compridas de serapilheira.

O primeiro banho era logo tomado às 07:00 h, altura em que, segundo a tradição, a água está benta. O segundo banho fazia-se cerca das 10:30 h e o último às 16:00 h.

“Tomar banho neste dia é como tomar nove banhos”, afirmam os mais velhos com um sorriso matreiro que deixa antever as brincadeiras e partidas com que se entretinham e pregavam às raparigas.

Com o decorrer dos anos, a tradição e a importância destes banhos foi-se perdendo, restando agora apenas nos mais velhos uma saudosa memória dos tempos de juventude.

Texto extraído de “Carteia” 07/09/2000

Momento a 29 de Agosto de 2012 na praia de Odeceixe!
exif / informação técnica
Sem informações de EXIF
favorita de 18
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão popular
    foto
    popular
Banho 29.
O “Banho 29” como ficou conhecido, tornou-se uma tradição entre os serranos, crentes, de que neste dia de Agosto as águas do mar se encontravam bentas. Por isso, a 29 de Agosto, homens, mulheres e crianças banhavam-se no mar, levando consigo os animais domésticos e nem o gado escapava ao banho.

Montados em burros, a pé, conduzindo em grupos, rebanhos de cabras, bodes e ovelhas, jumentos, mulas e até cavalos utilizados na lavoura das terras, as populações rurais desciam da serra às praias mais próximas para o “Banho 29”.

Desde as praias no concelho de Aljezur, como Bordeira, Carrapateira e Odeceixe, passando pelos areais de Lagos, Portimão, Quarteira, Manta Rota e Vila Real de Santo António, a população do campo juntava-se em grupos para cumprir a tradição.

Em tempos remotos, os homens usavam como fato de banho (ceroulas compridas atadas com nastro aos artelhos), enquanto as mulheres vestiam combinações ou camisas de dormir compridas de serapilheira.

O primeiro banho era logo tomado às 07:00 h, altura em que, segundo a tradição, a água está benta. O segundo banho fazia-se cerca das 10:30 h e o último às 16:00 h.

“Tomar banho neste dia é como tomar nove banhos”, afirmam os mais velhos com um sorriso matreiro que deixa antever as brincadeiras e partidas com que se entretinham e pregavam às raparigas.

Com o decorrer dos anos, a tradição e a importância destes banhos foi-se perdendo, restando agora apenas nos mais velhos uma saudosa memória dos tempos de juventude.

Texto extraído de “Carteia” 07/09/2000

Momento a 29 de Agosto de 2012 na praia de Odeceixe!
comentários
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão popular
    foto
    popular

Sem informações de EXIF

favorita de (18)