foto user
Paulo S.
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/ANONIMÁTOMO
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/ANONIMÁTOMO
voltar lista nav-leftnav-right

ANONIMÁTOMO

fotografias > 

Outros

2022-08-11 14:06:59
comentários (7) galardões descrição exif favorita de (11)
descrição
Átomo anonimo

Infiltrado

Intimidades em exposição

Relato impronunciável procurando afirmar-se

É

Sem saber se foi ou porque será

Evidência

Sequência de prematuros renascimentos

Água e lava na mesma escala

Nem todas as transparências serão visíveis

Acordas virado para o mundo

Até na semente existe alguma verdade

Mãos que apertam para deixarem fugir

Encontras na volta outra realidade

Tende o movimento a alterar o lugar das coisas

Não te sentas à espera

Acolhes visões sem abrigo

Efeito mal criado por causa comum

Ocupas-te na questão dos meios

Em princípio

Algo por onde começar finalmente

As ruas continuam a observar-te com ironia

Ato de incidência marginal

Chamas fogo ao que não tem nome

De onde vens não to disseram

Maré cheia de embalagens vazias

Transporta o cheiro a outros ventos

Ponto inteiro de partida

Perícia em insuficiências e precisões

Haja luz e não te faltará gratidão

Obrigado a agradecer que sempre foste

Também no calor de lutas soberanas

O que há de tão grande pode não se ver

Deixas escorrer seiva entre os dedos

Por razões que a lógica não invoca

Devagar


PS
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX540 HS
Exposição: 1/800
Abertura: f/4.0
ISO: 160
Distância Focal: 4300/1000
Software: PhotoScape
favorita de 11
galardões
Esta foto não tem galardões
ANONIMÁTOMO
Átomo anonimo

Infiltrado

Intimidades em exposição

Relato impronunciável procurando afirmar-se

É

Sem saber se foi ou porque será

Evidência

Sequência de prematuros renascimentos

Água e lava na mesma escala

Nem todas as transparências serão visíveis

Acordas virado para o mundo

Até na semente existe alguma verdade

Mãos que apertam para deixarem fugir

Encontras na volta outra realidade

Tende o movimento a alterar o lugar das coisas

Não te sentas à espera

Acolhes visões sem abrigo

Efeito mal criado por causa comum

Ocupas-te na questão dos meios

Em princípio

Algo por onde começar finalmente

As ruas continuam a observar-te com ironia

Ato de incidência marginal

Chamas fogo ao que não tem nome

De onde vens não to disseram

Maré cheia de embalagens vazias

Transporta o cheiro a outros ventos

Ponto inteiro de partida

Perícia em insuficiências e precisões

Haja luz e não te faltará gratidão

Obrigado a agradecer que sempre foste

Também no calor de lutas soberanas

O que há de tão grande pode não se ver

Deixas escorrer seiva entre os dedos

Por razões que a lógica não invoca

Devagar


PS
Tag’s: VIDA
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX540 HS
Exposição: 1/800
Abertura: f/4.0
ISO: 160
Distância Focal: 4300/1000
Software: PhotoScape

favorita de (11)