foto user
jorge pimenta
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Urbana/Alone in the dark
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Urbana/Alone in the dark
voltar lista nav-leftnav-right

Alone in the dark

fotografias > 

Paisagem Urbana

2021-07-19 22:27:48
comentários (38) galardões descrição exif favorita de (49)
descrição
Tanto quis ganhar que já só me lembro do que perdi, por isso, hoje, trago os bolsos vazios onde apenas cabem vestígios luminosos da chuva. Mexo-os e remexo-os à procura de algo que me recorde de ti, talvez um bilhetinho esquecido, um pequeno brilhante com que adornavas o peito ou um lenço com a cor do teu batom, mas nunca nada encontro porque os dias, agora, amanhecem muito para lá da tua pele. E, assim, todos os lugares se tornaram vazios, no ar apenas aromas de tempos esquecidos, a meia viagem entre a náusea e a morte musgosa dos tetos… já nem a promessa de que uma noite regressarias, com o fogo do que não se espera, me impede de ser ave migratória a desafiar os ventos e a rota do Sul.
Estremecem-me as mãos que deixaram de caber-me nos bolsos, por isso resta-me olhar o céu onde há sempre pedaços de estrelas que não estão à venda e um pouco daquele inverno de nuvens escuras.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/1000
Abertura: f/7.1
ISO: 4000
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)
favorita de 49
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão popular
    foto
    popular
Alone in the dark
Tanto quis ganhar que já só me lembro do que perdi, por isso, hoje, trago os bolsos vazios onde apenas cabem vestígios luminosos da chuva. Mexo-os e remexo-os à procura de algo que me recorde de ti, talvez um bilhetinho esquecido, um pequeno brilhante com que adornavas o peito ou um lenço com a cor do teu batom, mas nunca nada encontro porque os dias, agora, amanhecem muito para lá da tua pele. E, assim, todos os lugares se tornaram vazios, no ar apenas aromas de tempos esquecidos, a meia viagem entre a náusea e a morte musgosa dos tetos… já nem a promessa de que uma noite regressarias, com o fogo do que não se espera, me impede de ser ave migratória a desafiar os ventos e a rota do Sul.
Estremecem-me as mãos que deixaram de caber-me nos bolsos, por isso resta-me olhar o céu onde há sempre pedaços de estrelas que não estão à venda e um pouco daquele inverno de nuvens escuras.
Tag’s: #desafioContrastes
comentários
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D750
Exposição: 10/1000
Abertura: f/7.1
ISO: 4000
Distância Focal: 140/10
Software: Adobe Photoshop 21.0 (Windows)

favorita de (49)