foto user
poetaromasi
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Urbana/Alfama! Onde está o povo?
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Urbana/Alfama! Onde está o povo?
voltar lista nav-leftnav-right

Alfama! Onde está o povo?

fotografias > 

Paisagem Urbana

2019-08-30 23:06:15
comentários (4) galardões descrição exif favorita de (8)
descrição
Era Domingo e passei pelos caminhos que me separavam do local onde a minha esposa deixou a viatura, ali perto do Panteão Nacional, num local onde nunca existia um espaço para estacionar. O nosso destino era um almoço na Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra. Desci a Calçada do Cascão e logo vi na Calçada do Forte o antigo “forte” do meu saudoso pai: a sua sacaria onde passou grande parte da sua vida. É agora uma casa vazia de fados.
Entrei e contive as lágrimas. Passei à Rua dos Remédios e até à Rua dos Corvos não ouvi uma única palavra em Português. Para onde foi o nosso povo que por ali andava num buliço? Teriam ido para a Praia? Não! Foram corridos para a periferia ou para as terras do nunca.
Era Domingo e não vi ninguém do povo. Vi e ouvi o ruído das malas a rolarem num vaivém de, e para outras nações.
Confesso que até senti a saudade de ouvir um palavrão em vernáculo português.
exif / informação técnica
Máquina: Hewlett-Packard
Modelo: Photosmart M627
Exposição: 1/465 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/4.7
ISO: 100
Dist.Focal: 6mm
Dist.Focal (35mm): 36 mm
Software: paint.net 4.2.1

favorita de 8
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões
Alfama! Onde está o povo?
Era Domingo e passei pelos caminhos que me separavam do local onde a minha esposa deixou a viatura, ali perto do Panteão Nacional, num local onde nunca existia um espaço para estacionar. O nosso destino era um almoço na Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra. Desci a Calçada do Cascão e logo vi na Calçada do Forte o antigo “forte” do meu saudoso pai: a sua sacaria onde passou grande parte da sua vida. É agora uma casa vazia de fados.
Entrei e contive as lágrimas. Passei à Rua dos Remédios e até à Rua dos Corvos não ouvi uma única palavra em Português. Para onde foi o nosso povo que por ali andava num buliço? Teriam ido para a Praia? Não! Foram corridos para a periferia ou para as terras do nunca.
Era Domingo e não vi ninguém do povo. Vi e ouvi o ruído das malas a rolarem num vaivém de, e para outras nações.
Confesso que até senti a saudade de ouvir um palavrão em vernáculo português.
Tag’s: Lisboa,Alfama,Turismo,Povo,Saudade
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Hewlett-Packard
Modelo: Photosmart M627
Exposição: 1/465 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/4.7
ISO: 100
Dist.Focal: 6mm
Dist.Focal (35mm): 36 mm
Software: paint.net 4.2.1


favorita de (8)