foto user
Mário Gonçalves
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Abandono Precoce
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Abandono Precoce
voltar lista nav-leftnav-right

Abandono Precoce

fotografias > 

Outros

2020-08-01 22:12:08
Ver no mapa
comentários (6) galardões descrição exif favorita de (8)
descrição
Como saber se o futuro acabou?
Ganhar a consciência de que o passado se perdeu?
Reconhecer que o presente não tem saída?
-Quando abandonado?
-Quando abandonou?
-Quando caído?
-Quando nu?
-Quando só?
-Quando cercado?
Como se sente o instante que acaba com a contagem do tempo?.
O instante de desistir!
De vencer o destino!
De cumprir o destino!
De ser vencido pelo destino!
Deverá ser recordado o seguro?
O fiável?
O correto?
O aceitável?
O inseguro?
O incorrecto?
O inaceitável?
Deverá ser recordado quem se conhece?
Recordar alguns?
Recordar todos?
Quem marca?
Quem marcou?
Quem nos esqueceu?
Quem nunca nos recordou?
A empatia momentânea no metropolitano.
O breve sorriso no café.
O olhar! O desviar do olhar! O evitar de olhar! O riso com o olhar!.
O cair da moeda no chapéu roto.
A entrega do cigarro na mão suja.
O riso desdentado.
O cabelo seboso.
O cheiro azedo.
O riso brilhante.
O cabelo sedoso.
O cheiro agradável.
O toque da mão num cotovelo, num braço, num ombro, numas costas, numa cedência, num amparo.
O abraço inconsciente num desequilíbrio, numa colisão.
O evitar do contacto num movimento esquivo.
Milhares de instantes não recordados!
Recordados!
Que aconteceram!
Que não voltam a acontecer!
Que se repetem!
O sentir!
O não sentir!
O sentir demais!
O deixar de sentir!
O sentir o vazio que deixaste..
exif / informação técnica
Máquina: samsung
Modelo: SM-A515F
Exposição: 1/100 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/2.2
ISO: 50
Dist.Focal: 1.74mm
Dist.Focal (35mm): 13 mm
Software: Microsoft Windows Photo Viewer 6.1.7600.16385

favorita de 8
galardões
Esta foto não tem galardões
Abandono Precoce
Como saber se o futuro acabou?
Ganhar a consciência de que o passado se perdeu?
Reconhecer que o presente não tem saída?
-Quando abandonado?
-Quando abandonou?
-Quando caído?
-Quando nu?
-Quando só?
-Quando cercado?
Como se sente o instante que acaba com a contagem do tempo?.
O instante de desistir!
De vencer o destino!
De cumprir o destino!
De ser vencido pelo destino!
Deverá ser recordado o seguro?
O fiável?
O correto?
O aceitável?
O inseguro?
O incorrecto?
O inaceitável?
Deverá ser recordado quem se conhece?
Recordar alguns?
Recordar todos?
Quem marca?
Quem marcou?
Quem nos esqueceu?
Quem nunca nos recordou?
A empatia momentânea no metropolitano.
O breve sorriso no café.
O olhar! O desviar do olhar! O evitar de olhar! O riso com o olhar!.
O cair da moeda no chapéu roto.
A entrega do cigarro na mão suja.
O riso desdentado.
O cabelo seboso.
O cheiro azedo.
O riso brilhante.
O cabelo sedoso.
O cheiro agradável.
O toque da mão num cotovelo, num braço, num ombro, numas costas, numa cedência, num amparo.
O abraço inconsciente num desequilíbrio, numa colisão.
O evitar do contacto num movimento esquivo.
Milhares de instantes não recordados!
Recordados!
Que aconteceram!
Que não voltam a acontecer!
Que se repetem!
O sentir!
O não sentir!
O sentir demais!
O deixar de sentir!
O sentir o vazio que deixaste..
Tag’s: Abandono,Ninho,Ovo,Arbusto
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: samsung
Modelo: SM-A515F
Exposição: 1/100 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/2.2
ISO: 50
Dist.Focal: 1.74mm
Dist.Focal (35mm): 13 mm
Software: Microsoft Windows Photo Viewer 6.1.7600.16385


favorita de (8)