foto user
José Ramos
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Natural/A Plataforma dos Sonhos
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Natural/A Plataforma dos Sonhos
voltar lista nav-leftnav-right

A Plataforma dos Sonhos

fotografias > 

Paisagem Natural

2020-10-07 15:10:10
comentários (12) galardões descrição exif favorita de (26)
descrição
Nos minutos que antecedem a explosão do Sol, sustemos a respiração no final de cada ciclo, e tentamos descobrir o que resta de nós, naqueles momento breves em que os pulmões param. Nesse fugaz instante a quietude corporal é plena, as mãos suspendem o tremor, a mente encontra um espaço de clareza pouco habitual, e o corpo corre apressado para nos dizer que é necessário retomar a sofreguidão de oxigénio, se assim o permitirmos...

Ousamos não atender à necessidade visceral de sobrevivência, congelamos os músculos do tórax, e fazemos as pazes com esta vontade primordial de conhecer os limites do corpo, testando-o para deslizar nas suas fronteiras, tentando compreender os aspectos mais profundos da natureza da mente que o habita.

E assim se fractura a cadência natural e ilusoriamente obrigatória das coisas, colocando o tempo ao nosso comando, eliminando o seu curso implacável e desafiando a sua angústia.

Retomamos a respiração, mas desta vez conscientes de que algo fundamentalmente mudou. Descobrimos que por detrás desta interminável pulsão de sobrevivência e medo, existe na sua base uma torrente de pensamentos e emoções desagregadas que esmagam a fruição de cada momento. Respiramos agora profundamente e de forma consciente, dando a cada ciclo o seu tempo de descoberta, vislumbrando finalmente um pouco de paz temporária.

Quando paramos, escutamos por dentro, e quando escutamos por dentro, voltamos a fazer parte integrante e síncrona do que está fora. Nos minutos que antecedem a explosão do Sol, pisamos finalmente a plataforma de lançamento dos sonhos que está à nossa frente, encontramos o silêncio que habita a respiração, e testemunhamos e colhemos estes irrepetíveis momentos.

Local: Ponta da Piedade, Portugal

Sony a7R + Laowa 12mm f2.0 | 30 segundos | ISO 200 | f/11 | 4 stops full ND Nisi | 4 stops Medium Grad Nisi | Tripé FLM
exif / informação técnica
Máquina: SONY
Modelo: ILCE-7R
Exposição: 30 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura:
ISO: 200
Dist.Focal:
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop 21.2 (Windows)

favorita de 26
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão popular
    foto
    popular
  • galardão curador
    curador
  • galardão curador
    curador
A Plataforma dos Sonhos
Nos minutos que antecedem a explosão do Sol, sustemos a respiração no final de cada ciclo, e tentamos descobrir o que resta de nós, naqueles momento breves em que os pulmões param. Nesse fugaz instante a quietude corporal é plena, as mãos suspendem o tremor, a mente encontra um espaço de clareza pouco habitual, e o corpo corre apressado para nos dizer que é necessário retomar a sofreguidão de oxigénio, se assim o permitirmos...

Ousamos não atender à necessidade visceral de sobrevivência, congelamos os músculos do tórax, e fazemos as pazes com esta vontade primordial de conhecer os limites do corpo, testando-o para deslizar nas suas fronteiras, tentando compreender os aspectos mais profundos da natureza da mente que o habita.

E assim se fractura a cadência natural e ilusoriamente obrigatória das coisas, colocando o tempo ao nosso comando, eliminando o seu curso implacável e desafiando a sua angústia.

Retomamos a respiração, mas desta vez conscientes de que algo fundamentalmente mudou. Descobrimos que por detrás desta interminável pulsão de sobrevivência e medo, existe na sua base uma torrente de pensamentos e emoções desagregadas que esmagam a fruição de cada momento. Respiramos agora profundamente e de forma consciente, dando a cada ciclo o seu tempo de descoberta, vislumbrando finalmente um pouco de paz temporária.

Quando paramos, escutamos por dentro, e quando escutamos por dentro, voltamos a fazer parte integrante e síncrona do que está fora. Nos minutos que antecedem a explosão do Sol, pisamos finalmente a plataforma de lançamento dos sonhos que está à nossa frente, encontramos o silêncio que habita a respiração, e testemunhamos e colhemos estes irrepetíveis momentos.

Local: Ponta da Piedade, Portugal

Sony a7R + Laowa 12mm f2.0 | 30 segundos | ISO 200 | f/11 | 4 stops full ND Nisi | 4 stops Medium Grad Nisi | Tripé FLM
Tag’s: ponta da piedade,algarve,portugal,lagos
comentários
galardões
  • galardão a nossa escolha
    a nossa
    escolha
  • galardão popular
    foto
    popular
  • galardão curador
    curador

Máquina: SONY
Modelo: ILCE-7R
Exposição: 30 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura:
ISO: 200
Dist.Focal:
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop 21.2 (Windows)


favorita de (26)